Bem-vindo ao Centro Dynamis.
Novo usuário? Clique aqui.

Notícias

Mais de 100 pessoas no IX Encontro Catarinense da Síndrome do X Frágil

 

A nona edição do Encontro Catarinense da Síndrome do X Frágil, promovido pela Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) em parceria com a Associação Catarinense da Síndrome do X Frágil, está ocorrendo nesta sexta-feira, 30 de setembro, no Auditório da FCEE com cerca de 115 participantes. Com o objetivo de capacitar profissionais do ensino regular e das instituições especializadas através de experiências concretas com a Síndrome do X Frágil e com pessoas com autismo, o evento conta com a participação especial de dois especialistas chilenos, o musicoterapeuta Davys Enrique Moreno, que abordou o tema “Restabelecendo o vínculo social através da música”, e o fonoaudiólogo Miguel Higuera Cancino, especialista em psicopedagogia e atuante no Centro Dynamis, de Blumenau. 

A programação variada desta edição do evento também incluiu palestras ministradas por outros especialistas, como a bióloga e geneticista Ingrid Tremel Barbato, coordenadora do evento, que falou sobre “A Síndrome do X Frágil e o autismo: O Olhar da Genética”, e o educador físico André Leonardo Andrade que falou sobre “A Importância da Educação Física nos Transtornos de Desenvolvimento”. Representando a FCEE, a pedagoga e coordenadora do Centro de Educação e Trabalho (CENET), Kátia Regina Ladwig, abordou o tema “Educação Profissional e Empregabilidade Para Pessoas com X Frágil e Autismo”. O encerramento do Seminário contará com a apresentação de duas mães que falarão sobre suas Experiências familiares. 

A Síndrome do X Frágil

 

A Síndrome do X Frágil, doença hereditária ligada a um defeito no cromossomo X, é a segunda causa mais frequente de comprometimento intelectual, após a Síndrome de Down, e a mais frequente com caráter hereditário, afetando o desenvolvimento intelectual e o comportamento de homens e mulheres. Apesar de muito freqüente, é pouco conhecida e diagnosticada, já que sua descoberta é relativamente recente, com as primeiras investigações iniciadas nos anos 70. Os sinais e sintomas da Síndrome do X -Frágil, por serem semelhantes a outros casos de atrasos e distúrbios gerais de desenvolvimento, necessitam de confirmação através de exame genético com estudo do DNA. Saiba mais sobre a Síndrome na página da Associação Catarinense da Síndrome do X Frágil.

_________________________________________________________________


FCEE promove IX Encontro Catarinense da Síndrome do X Frágil

 

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) promove, em parceria com a Associação Catarinense da Síndrome do X Frágil, a nona edição do Encontro Catarinense da Síndrome do X Frágil, que ocorre no dia 30 de setembro de 2016, das 8h às 17h, no Auditório da FCEE, no campus em São José. O objetivo do evento é capacitar profissionais do ensino regular e das instituições especializadas através de experiências concretas com a Síndrome do X Frágil e com pessoas com autismo, além de apoiar as famílias de portadores da Síndrome. As inscrições estão abertas até o dia 23 de setembro e são feitas pelo site da FCEE.

 

Esta edição do evento conta com uma programação variada, que inclui palestras de profissionais, como a do fonoaudiólogo chileno Miguel Higuera Cancino, especialista em psicopedagogia e atuante no Centro Dynamis, de Blumenau, que abordará o tema Autismo e X Frágil- Linguagem e Comunicação. A bióloga e geneticista Ingrid Tremel Barbato, coordenadora do evento, abordará o tema A Síndrome do X Frágil e o Autismo: O Olhar da Genética, enquanto o educador físico André Leonardo Andrade falará sobre A Importância da Educação Física nos Transtornos De Desenvolvimento. Representando a FCEE, a pedagoga e coordenadora do Centro de Educação e Trabalho (CENET), Kátia Regina Ladwig, abordará o tema Educação Profissional e Empregabilidade Para Pessoas com X Frágil e Autismo.

 

A Síndrome do X Frágil

 

A Síndrome do X Frágil, doença hereditária ligada a um defeito no cromossomo X, é a segunda causa mais frequente de comprometimento intelectual, após a Síndrome de Down, e a mais frequente com caráter hereditário, afetando o desenvolvimento intelectual e o comportamento de homens e mulheres. Apesar de muito frequente, é pouco conhecida e diagnosticada, já que sua descoberta é relativamente recente, com as primeiras investigações iniciadas nos anos 1970. Os sinais e sintomas da Síndrome do X Frágil, por serem semelhantes a outros casos de atrasos e distúrbios gerais de desenvolvimento, necessitam de confirmação através de exame genético com estudo do DNA. Saiba mais sobre a Síndrome na página da Associação Catarinense da Síndrome do X Frágil. 

 

Serviço: 

O quê: IX Encontro Catarinense da Síndrome do X Frágil

Quando: dia 30 de setembro de 2016, das 8h às 12h30 e das 13h30 às 17h

Onde: Auditório da FCEE (Rua Paulino Pedro Hermes, 2785), Bairro Nossa Senhora do Rosário, em São José (SC)

Inscrição: até o dia 23 de setembro de 2016 atravé do site da FCEE

 

Programação:

 

7h45 às 8h15: Credenciamento

 

8h15 às 8h30: Abertura

 

8h30 às 9h: A síndrome do x frágil e o autismo: o olhar da genética.

PALESTRANTE: INGRID TREMEL BARBATO (Bióloga, Geneticista, Msc Engenharia Genômica, proprietária Laboratório Neurogene)

 

9h às 9h30: A importância da educação física nos transtornos de desenvolvimento

PALESTRANTE: ANDRÉ LEONARDO ANDRADE (Educador Físico - Centro Dynamis - Blumenau)

 

9h30 às 10h30: A psicopedagogia aplicada no cotidiano dos pacientes com transtornos do desenvolvimento

PALESTRANTE: FLAVIA KAUFMANN (Centro Dynamis – Blumenau)

 

10h30 às 10h45- Coffee break

 

10h45 às 12h: Autismo e X Frágil: linguagem e comunicação

PALESTRANTE: MIGUEL HIGUERA CANCINO (Fonoaudiólogo - Chile), Professor Doutor, especialista em Psicopedagogia (Brasil), Centro Dynamis (Blumenau)

 

12h15 às 12h30: Mesa de debate

 

12h30 às 13h30: Intervalo de almoço

 

13h30 às 14h45: Restabelecendo o vínculo social através da música

PALESTRANTE: DAVYS ENRIQUE ESPINDOLA MORENO (Musicoterapeuta – Chile ), Mestre em Educação, Músico e Maestro.

 

14h45 às 15h30: Projeto cidadania e lazer: síndrome do X Frágil (Ministério do Esporte)

PALESTRANTES: SIMONE CARLA ECHER MARCHETT (Fonoaudióloga e Mestre em Psicologia), VIVIAN ALMEIDA (Pedagoga e Neuropsicopedagoga) e RAFAELA MIRANDA (Educadora Física)

 

15h30 às 15h45: COFFEE BREAK

 

15h45 às 16h30: Educação profissional e empregabilidade para pessoas com X Frágil e Autismo

PALESTRANTE: KATIA REGINA LADWIG (Pedagoga e Coordenadora do CENET- FCEE)

 

16h30 às 17h: Experiências familiares

PALESTRANTES: MARCIA LEMES DOS SANTOS e FERNANDA MARTINI (mães)

 

17h: ENCERRAMENTO

 

Informações adicionais para a imprensa:

Aline Buaes

Assessoria de Imprensa FCEE

Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE

E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br

Fone: (48) 3381-1693/ 9115-8918

 

Site: www.fcee.sc.gov.br

 

_________________________________________________________________


Pais de filhos autista trazem especialista para falar sobre o tema



Os educadores da rede municipal de ensino de Anita Garibaldi, bem como alguns professores da rede estadual anitense e dos municípios de Cerro Negro, Abdon Batista e Campo Belo do Sul foram convidados a participar de um dia de palestra sobre o tema “Estratégias e práticas de intervenção - Autismo”, a qual aconteceu durante a terça-feira (18) no Mini Ginásio da APAE.

A iniciativa de trazer o psicopedagogo Miguel Higuera Cancino para conversar com os participantes foi idealizada e financiada pela médica que atua em Anita Garibaldi, Vanessa Campos Teles e seu esposo João Henrique Barbosa Souto, que contaram com o apoio da APAE Cantinho dos Sonhos do município, a qual disponibilizou o espaço para a realização da palestra e a hospedagem dos participantes e a Secretaria Municipal de Saúde, que levou o palestrante de volta a cidade onde reside, que é Blumenau.

Vanessa e João são pais de Lucas, que possui Transtornos do Espectro Autista – TEA. Desde julho de 2014, Lucas é paciente do psicopedagogo Miguel. “Diante da competência do Miguel, nós indicamos para os outros pais de crianças autistas para levarem seus filhos a se consultar com ele. E sentíamos a vontade de trazê-lo para palestrar aqui, a fim de que as outras pessoas tivessem também a oportunidade de conhecer mais sobre o autismo”, comentou o casal, que citou a presença da psicóloga e da fonoaudióloga do filho.

A palestra além de contar com um bom público também agradou os mesmos. De acordo com a secretária de educação de Anita Garibaldi, Dilvete Adamy, o conhecimento obtido vem a agregar no processo de aprendizagem executado pelos educadores. “Essa capacitação ajudou a melhorar as condições de atender os alunos especiais, além de explicar sobre o que é e como se deve trabalhar a inclusão. Só temos a agradecer por este presente para nossa educação”, pontuou a secretária, que destacou que toda a rede de ensino municipal esteve presente e por isso não houve aula.

O casal enalteceu e agradeceu a boa adesão a palestra, e aos colaboradores para a realização dessa capacitação. “Agradecemos a disponibilidade do palestrante, a APAE pela parceria, ao motorista Leandro e ao secretário de saúde Julio Pinheiro pelo apoio”, disseram contentes pelos bons resultados.

Fonte: Jornal Correio dos Lagos/Thaís Soares

 

 

Dia de Palestra: Autismo e Saúde:

Em celebração ao dia mundial do Autismo 02 de Abril. Aconteceu uma palestra na Fundação Cultural de Blumenau ministrada pelo Mestre Miguel Higuera Cancino e Dra. Mirella Cristiane de Souza onde abordaram temas sobre Transtornos do Desenvolvimento, Saúde e Educação. Juntamente com a palestra os convidados puderam prestigiar uma exposição de arte realizada por crianças que se encontram dentro do espectro Autista, com o tema: Autismo e Identidade. Informamos que a exposição ficará aberta a visitações até o dia 15 de Abril. 

Clique aqui e veja as fotos
 

 

Autismo é debatido na tribuna da Câmara de Vereadores de Blumenau


 Nesta quarta-feira (2) é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Os números desse transtorno na população chamam a atenção para políticas mais desenvolvidas de diagnóstico correto e tratamento. P [...] Veja mais em: http://ndonline.com.br/vale/noticias/156040-autismo-e-debatido-na-tribuna-da-camara-de-vereadores-de-blumenau.html.

 

Palestra marca Dia da Conscientização do Autismo


Dia 2 de abril é o "Dia Mundial da Conscientização do Autismo". Pensando na contribuição que o Museu de Arte de Blumenau (MAB) pode conferir a essa data, foi firmada uma parceria com o Centro Dynamis para oferecer aos educadores, coordenadores pedagógicos, diretores, profissionais da área, pais, alunos e público em geral, uma palestra que tratará o tema Autismo: Saúde e Educação. A palestra será no dia 1º de abril, às 19h, no Auditório Carlos Jardim da Fundação Cultural de Blumenau, pelos especialistas Miguel Higuera Cancino e Mirella Cristiane de Souza. Nessa mesma noite, os participantes poderão visitar a exposição Autismo e Identidade, composta por obras criadas por crianças autistas. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas.

 A Lei 12.764 de 27 de dezembro de 2012 institui a Política Nacional de Proteção aos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Em seu artigo 3º, IV , garante o acesso da criança autista à educação e ao ensino profissionalizante. A escola precisa se preparar não só para garantir o acesso, mas também a permanência do aluno autista.

 Entender o autismo, compreender que o aluno autista processa as informações de maneira diferente, tem resistência às mudanças, sensibilidade ao barulho, entre outras especificidades e necessidades, requer adaptações na rotina escolar e envolvimento em projeto de inclusão, no qual as diferenças devem ser  respeitadas e utilizadas em prol da aprendizagem.

 A lei

 O ingresso de uma criança autista em escola regular é um direito garantido por lei, como aponta o capítulo V da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que trata sobre a Educação Especial. A redação diz que ela deve atender a efetiva integração do estudante à vida em sociedade. Além da LDB, a Constituição Federal, a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, Estatuto da Criança e do Adolescente e o Plano Viver sem Limites (Decreto 7.61/11) também asseguram o acesso à escola regular.

Fonte 

 

 

 

Profissionais da Educação recebem capacitação sobre autismo

 
Nesta segunda (16) e terça-feira (17), famílias, professores e terapeutas dos alunos com Transtorno do Espectro Autista, matriculados na rede regular de ensino e também no Centro Municipal para Autismo de São Bento do Sul, participaram de uma capacitação com  Miguel Higuera Cancino, fonoaudiólogo, mestre em Educação Superior e especialista com mais de 27 anos de experiência em Autismo, Asperger, Síndrome de Down e SDHA. O encontro aconteceu no Centro Administrativo Leopoldo Zschoerper.
 
De acordo com a secretária de Educação, Alcione Hinke, a intenção foi discutir e para muitos conhecer melhor as situações que envolvem os alunos com autismo. “É um tema ainda desconhecido para muitos, mas nossa meta é oferecer uma escola de qualidade, um aprendizado de qualidade e fazer com que esses alunos, muitos deles matriculados na rede regular, tenham uma qualidade de vida melhor”, frisou Alcione. 
 
“Durante o encontro da segunda-feira foi repassado o método para explicar às famílias como é que surgem a comunicação, a linguagem e a importância do trabalho familiar cotidiano para ajudar no desenvolvimento comunicativo da pessoa com Transtorno do Espectro Autista”, explica a coordenadora do Centro de Autismo, Geovanna Vicente. “Já na terça a capacitação atendeu todos os professores e atendentes educativas que trabalham com esse público”, completa.
 
Ainda segundo a coordenadora, o encontro enfatizou a importância de estimular nas rotinas da escola, habilidades básicas de interação social, junto com dicas para ajudar a desenvolve a modulação emocional e considerações importantes para o controle de condutas inadequadas. “A capacitação mostrou que é possível as pessoas que apresentam esse transtorno, estarem inclusos na escola, participando do processo de ensino e aprendizagem com qualidade”, concluiu.
 
Na palestra, Cancino aborda os principais mitos do autismo, os aspectos positivos, inclusão e personagens famosos com autismo. “As pessoas com autismo somente tem visão diferente do mundo. Ninguém nasce gênio, os gênios se fazem e no caso dos professores, quando se preparam, podem mudar a vida de uma família que tem uma pessoa com autismo”, disse o facilitador, referindo-se a casos como o do ator Keanu Reeves e de Lionel Messi, este último eleito três vezes pela Fifa como melhor jogador de futebol do mundo. 
 
Edson Frankowiak 
Assessoria de Imprensa
 
Fonte:http://www.saobentodosul.sc.gov.br/noticia/12273/profissionais-da-educacao-recebem-capacitacao-sobre-autismo#.VRFFGvnF8ZO

 

 

Palestra "O Ambiente escolar e a Criança

Autista"

Com Miguel Higuera Cancino

 

Assista nos links abaixo as palestras de Miguel Higuera Cancino sobre "O Ambiete escolar e a criança autista".

http://www.webetv.com.br/agenda/agenda_player_wmv.php?webetv_agenda_material_id=dmlkZW9zLnNvY2llc2Mub3JnLmJyL3R2L0dyYWRfUGVkYWdvZ2lhL0dyYWRfcGVkYWdvZ2lhX1BhbGVzdHJhX09fYW1iaWVudGVfZXNjb2xhcl9lX2FfY3JpYW7nYV9hdXRpc3RhL0dyYWRfcGVkYWdvZ2lhX1BhbGVzdHJhX09fYW1iaWVudGVfZXNjb2xhcl9lX2FfY3JpYW7nYV9hdXRpc3RhXzIwMTRfMDhfMTJfYnJfcGFydGUxLndtdioyOTkx

http://www.webetv.com.br/agenda/agenda_player_wmv.php?webetv_agenda_material_id=dmlkZW9zLnNvY2llc2Mub3JnLmJyL3R2L0dyYWRfUGVkYWdvZ2lhL0dyYWRfcGVkYWdvZ2lhX1BhbGVzdHJhX09fYW1iaWVudGVfZXNjb2xhcl9lX2FfY3JpYW5jYV9hdXRpc3RhL0dyYWRfcGVkYWdvZ2lhX1BhbGVzdHJhX09fYW1iaWVudGVfZXNjb2xhcl9lX2FfY3JpYW5jYV9hdXRpc3RhX0F1bGEyXzIwMTRfMDlfMzBfYnJfcGFydGUxLndtdiozNjkz

 -----------------------------------------------------------------------------------------------------

Dia Mundial de Conscientização do Autismo é

comemorado nesta quarta

O autismo é uma alteração que afeta a capacidade de comunicação do indivíduo

ricmais.com.br

 

Nesta quarta-feira (2), dia em que é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo estima-se que no Brasil, existam hoje, aproximadamente 2 milhões de pessoas com esse tipo de transtorno. A inclusão social dos autistas depende de um trabalho integrado com a família e o mais importante a informação.

 


-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Cultura participa do Dia de Conscientização sobre o Autismo

Cultura participa do Dia de Conscientização sobre o Autismo

A Fundação Cultural de Blumenau e o Museu de Arte de Blumenau (MAB), em parceria com o Centro Dynamis, participam dia 2 de abril, do movimento mundial de conscientização sobre o autismo. A data será marcada por palestra e exposição. O Dia Mundial de Conscientização do Autismo foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 18 de dezembro de 2007. O primeiro evento ocorreu em 2 de abril de 2008.

Na palestra, o doutor Miguel Higuera Cancino vai abordar o que é o autismo, quais são os principais mitos, os aspectos positivos, personagens famosos com autismo, autismo e inclusão. Cancino é fonoaudiólogo, mestre em Educação Superior e especialista com mais de 27 anos de experiência em Autismo, Asperger, Síndrome de Down e SDHA. É autor dos livros Transtornos do Desenvolvimento e da Comunicação e Meu Filho não Fala, onde relata sua experiência como profissional e pai de um autista.

Nesse mesmo dia será aberta a exposição A Pintura como Expressão da Alma, com obras de crianças e adolescentes autistas, entre eles Daphne Burkhardt Schmitt, jovem blumenauense nascida em fevereiro de 1996, que teve seu primeiro contato com a pintura em fevereiro de 2013. Nos primeiros dois anos de vida, ela chamou a atenção da família pelo fato de que praticamente não falava. “Aos dois anos e meio foi diagnosticada autista por dois pediatras, e um terceiro deu o diagnóstico de distúrbio global do desenvolvimento não especificado, por Daphne não apresentar todos os sintomas que caracterizam o autismo. Fez vários tratamentos tendo uma melhora lenta”, comenta a mãe Marlis.

As pinturas de Daphne, que no início eram uma combinação de cores, agora ela define como ondas ou peixes. “Adora o mar, e assiste o canal Off onde mostram surfistas deslizando sobre ondas enormes. É o que gosta de pintar usando as mais diversas cores. Enquanto pinta fica muito concentrada”, observa a mãe.

Autismo

O autismo foi identificado nos anos 1940 pelos médicos Leo Kanner e Hans Asperger. Obviamente é um estado que sempre existiu em todas as épocas e culturas. A partir dos estudos destes autores, outras pesquisas se seguiram no conhecimento desta síndrome. Assim, hoje os autistas são reconhecidos por características que podem se apresentar em conjunto ou isoladamente. Apresentam isolamento mental, daí o nome autismo. Esse isolamento despreza, exclui e ignora o que vem do mundo externo. Possuem uma insistência obsessiva na repetição, com movimentos e barulhos repetitivos e estereotipados, adotam elaborados rituais e rotinas, têm fixações e fascinações altamente direcionadas e intensas, apresentam escassez de expressões faciais e gestos, não olham diretamente para as pessoas, têm uma utilização anormal da linguagem, apresentam boas relações com objetos e apresentam ansiedade excessiva

Serviço

Quando: 2 de abril, Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Palestra: Autismo. Mitos e Verdades

Palestrante: doutor Miguel Higuera Cancino

Local: Fundação Cultural de Blumenau, Auditório Edith Gaertner

Dia: 2 de Abril, às 19h

Vagas limitadas: para reserva, entrar em contato com Centro Dynamis pelo telelefone (47) 9707-3000. Site: www.centrodynamis.com.br

Entrada Franca

Exposição: A Pintura como Expressão da Alma

Local: Fundação Cultural de Blumenau – Sala 30

Abertura: 2 de abril, às 19h

Visitação: até 15 de abril, das 10h às 16h, de terça-feira a domingo

fonte: http://www.saladenoticias.net/?p=87626

 

___________________________________________________________________________________

 

ALESC realizou sessão solene para homenagear os cinquenta anos de atividades da UNIVALI

 

A sessão contou com a presença de autoridades


 

Professores realizam capacitação para trabalhar com alunos especiais

Na quinta-feira, dia 27 de junho, foi realizado um curso de capacitação para os professores da rede municipal e Apae de Pomerode. O curso aconteceu na Casa Comunitária da Igreja Evangélica Apóstolo André, em Testo Central, e teve como tema “Flexibilização do Ensino e Estratégias de Aprendizagens para Alunos com Necessidades Educativas Especiais”. O palestrante Miguel Higuera Cancino, que é fonoaudiólogo com especialização em Psicopedagogia, colaborador no site www.autismo.org e diretor acadêmico do Centro de Capacitação Dynamis Brasil (clínica blumenauense que trabalha com crianças portadoras de autismo), falou sobre a aprendizagem colaborativa, na qual o professor ensina e também aprende com o aluno. “‘A inclusão que não funcionas é a que não é pensada’ (Miguel Higuera Cancino). Com base neste pensamento, a equipe da E.B.M. Olavo Bilac busca conhecimentos teóricos e práticos que contribuam para um conjunto de ações inclusivas que possam oportunizar a mesma oportunidade na vida de todas as crianças”, explica a diretora da E.B.M. Olavo Bilac, Ana Cristina Kamchen Buettgen. Ela ainda lembra que, desde 2012, a escola oferece palestras para os professores que trabalham com os alunos especiais. Participaram da capacitação os professores da E.B.M. Olavo Bilac, da E.E.B.M. Profª Noemi Vieira de Campos Schroeder, da Apae de Pomerode, representantes de escolas e creches que trabalham no Projeto de Atendimento aos Diferentes Ritmos de Aprendizagem – Padra e no Atendimento Educacional Especializado – AEE, além de pais de alunos especiais.

“Foi um dia de muitas reflexões e quebra de paradigmas. A inclusão tem que proporcionar a capacidade de se adaptar a todos e a toda situação. Tornamo-nos melhores com a inclusão. Cada criança ensina algo para nós. O grande desafio consiste em ensinar nossos alunos a ensinar. Temos que aprender de novo. A partir do momento que se consegue trabalhar com alunos especiais todos os alunos serão beneficiados com esta prática”, comenta a orientadora da escola, Angelita Silvani de Pin Sborz.
“A palestra foi de suma importância para nós, professoras do Projeto Espaço Alternativo – PEAL, pois tivemos a oportunidade de repensar alguns conceitos e práticas desenvolvidos com os alunos. Percebemos cada vez mais a necessidade de mudar o ‘jeito de dar aula’. No projeto de contra turno, no qual trabalhamos, já temos feito uso do material concreto e visual para ensinar conteúdos ou reforçar o aprendizado trazido da escola. De acordo com a fala do palestrante somos visuais e é por isso que precisamos fazer uso do corpo, das expressões e de jogos simples para ensinar conteúdos verdadeiramente relevantes para os alunos, não apenas para ganhar nota, mas para prepará-los para os desafios que encontrarão ao longo de sua vida”, finalizam as professoras Beatriz Krueger e Rosane Wendt.
 

----------------------------------------------------------------------------------------

 

Professoras do AEE e Psicólogas participam de Congresso sobre Autismo

 

Aconteceu neste final de semana (12 e 13/04) o Congresso de Transtornos Invasivos do Desenvolvimento/Autismo – Avaliação e Intervenção Clínica e Educacional, nas dependências do Hotel Renar e promovido pelo Incape.
Tivemos a oportunidade de participar de palestras com o fonoaudiólogo e professor Miguel Higuera Cancino, Chileno, que além de especialista no assunto tem um filho Autista, o qual falou das características, do dia a dia e de formas de intervenção com uma pessoa autista, tirando muitas dúvidas. O renomado médico Dr. Egon Frantz, neuropediatra que já trabalhou em Fraiburgo e que atualmente trabalha em Blumenau deu ênfase a farmacologia, o efeito da medicação numa criança autista e por fim, a psicóloga Dra. Viviane Costa de Leon que falou sobre os métodos de avaliação e intervenção com alunos Autistas, como o método Teacch, mais conhecido e utilizado no Brasil.
Contamos com a presença do deputado estadual Nei Ascari, Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Marlete Grando uma mãe fraiburguense e exemplar que sempre lutou pelos direitos da pessoa Autista e que terá uma Lei estadual com seu próprio nome, representando esta luta diária pela causa.
Mais de 270 pessoas participaram deste evento, sendo que pais, professores e psicólogos de todo o Estado se fizeram presente. Foi um excelente curso e nós agradecemos a Secretaria e Educação por nos proporcionar mais esta oportunidade de conhecimento e com certeza melhoria no trabalho desenvolvido nas escolas.
 
 

Fonte: http://eebmpadrebiagiosimonetti.blogspot.com.br/2013/04/professoras-do-aee-e-psicologas.html

__________________________________________________________________________

Curso em Porto Alegre Sobre Autismo

No dia 14 de setembro um grupo de professores e funcionários da APAE participaram de um curso sobre Autismo na cidade de Porto Alegre. O curso foi ministrado pelo Srº Miguel Higuera Cancino.

 
Fonte: Tupancireta

_______________________________________________

Autor de "Mi Hijo no Habla" regresa de exitosa gira por Brasil

El fonoaudiólogo Miguel Higuera, autor de "Mi hijo no habla" realizó una serie de charlas tituladas Os Misterios do Autismo en diversas ciudades de Brasil
Leia Mais

_______________________________________________

Menina Diferente (filme do Instituto MetaSocial)



Menina Diferente: esse é o título do novo filme do Instituto MetaSocial criado pela Giovanni+Draftfcb. Essa é a sexta campanha desenvolvida pela agência para a ONG que dá orientação aos pais de filhos com síndrome de Down.


No filme, Paula Werneck, atriz que já protagonizou outras campanhas do MetaSocial, está em casa e declara ser uma menina diferente. A suposição leva a crer que essa "diferença" seria por outros motivos até que ela declara que é por gostar de tocar bateria.

 

_______________________________________________
 

Palestrante internacional no CAMAR/Anhanguera



O polo de ensino superior Anhanguera do Colégio Adventista Marechal Rondon (CAMAR) em parceria com as Escolas Adventistas de Cachoeirinha, Alvorada e Sarandi, promoveu uma oportunidade única. Recebemos o Dr. Miguel Higuera Cancino, Fonoaudiólogo, mestre em Educação Superior e professor do mestrado na Universidade Finis Terrae no Chile para uma palestra/aula intitulada "Os Mistérios do Autismo: Mitos e Verdades.
O Dr. Miguel está em ciclo de palestras por várias cidades do Brasil e ofereceu esta oportunidade, repartindo seus conhecimentos na área de educação especial com um grupo de profissionais da rede adventista, os alunos de Pedagogia da Anhanguera e alguns convidados. Ele é profissional especialista com experiência em Autismo, Asperger, Síndrome de Down, SDAH por mais de 27 anos.
A fonoaudióloga Ivelise Santos declarou que "a palestra foi muito proveitosa, foi maravilhosa."
Foi um momento especial que sonhamos em poder repetir quem sabe em futuro próximo. O Dr. Miguel está planejando intensificar atendimentos no Brasil e poderá estar presente em outras oportunidades.
Na foto o Dr. Higuera com sua esposa Flávia no lançamento de seu livro.
Fonte: Blog Educacaoadventista

 _______________________________________________

Fonoaudiólogo chileno ministra palestra sobre autismo

O fonoaudiólogo chileno Dr. Miguel Higuera Cancino proferirá nesta terça-feira, 20 de setembro, às 19h, a palestra “Os Mistérios do Autismo – mitos e verdades” na nova sede da Pós-graduação UNIASSELVI de Blumenau. O especialista, autor do livro Meu Filho não Fala, apresentará uma perspectiva geral acerca das causas, características e tratamento do autismo infantil para profissionais da educação, saúde e pais.
Os participantes serão atualizados nas áreas de semiologia do autismo, etiologia, tratamentos aprovados e também sobre as terapias que não têm validade científica. Na palestra, ainda, serão abordadas as características das crianças com autismo infantil, para que profissionais e pais estejam preparados para lidar com os transtornos invasivos do desenvolvimento.
Dr. Miguel Higuera Cancino é fonoaudiólogo, mestre em Educação Superior e especialista com 27 anos de experiência em Autismo, Asperger, Síndrome de Down, SDHA. Em seu livro Meu Filho não Fala, relata sua experiência profissional e experiência como pai de um filho autista. A palestra tem 4 horas/aula, certificação e valor de R$ 40,00. Para mais informações clique aqui ou entre em contato pelo e-mail icpg@icpg.com.br.
A nova sede da Pós-graduação UNIASSELVI situa-se na Rua Getúlio Vargas, 143 – Centro. A palestra será a primeira atividade desenvolvida no local, com o intuito de aproximar a Instituição à comunidade com temas que venham de encontro às suas necessidades.
Blog Uniasselvi

 _______________________________________________

UNIASSELVI promove palestra sobre Autismo com o especialista chileno Miguel Higuera Cancino

Postado por Viviane Damasceno em quarta-feira, 31 de agosto de 2011
A Pós-graduação UNIASSELVI promove, em setembro, palestra e curso sobre Autismo para educadores, pais e especialistas que trabalham e convivem com pessoas que possuem transtornos invasivos do desenvolvimento. As atividades serão proferidas pelo chileno e especialista na área, Dr. Miguel Higuera Cancino, no dia 20 (palestra) e 28 e 29 (curso), às 19h no Teatro Michelangelo – UNIASSELVI/FAMEBLU – em Blumenau.
Enquanto a palestra “Os mistérios do Autismo – Mitos e Verdades” apresentará uma perspectiva geral acerca das causas características e tratamento do autismo infantil, o curso “Atravessando as barreiras do Autismo – Estratégias e Soluções Práticas” aprofundará os princípios fundamentais de uma abordagem clínica para promover o desenvolvimento social, comunicativo, emocional e cognitivo de crianças com autismo ou outros transtornos do desenvolvimento.
Os participantes serão atualizados sobre as áreas de semiologia do autismo, etiologia, tratamentos aprovados e também sobre as terapias que não tem validade científica. No curso será, ainda, dado um enfoque naturalista ecológico, com acento no envolvimento familiar, desenvolvendo estratégias que incorporam elementos dos modelos condutual, cognitivas e pragmáticas comunicativo.
O ministrante chileno, Dr. Miguel Higuera Cancino é fonoaudiólogo, mestre em Educação Superior e especialista com 27 anos de experiência em Autismo, Asperger, Síndrome de Down, SDHA. Dr. Miguel, também, é autor do livro Mi Hijo no Habla (Meu Filho não Fala) que escreveu a partir de sua experiência profissional e pai de um menino autista.
A palestra, que ocorre no dia 20 de setembro, tem 4 h/a e valor de inscrição de R$ 40,00, com emissão de certificado de participação. O curso acontece em dois encontros, 28 e 29 de setembro, tem 8 horas/aula e custa ao participante R$ 80,00.
Para mais informações e inscrições acesse www.grupouniasselvi.com.br ou entre em contato através do telefone 0800 729 9009 .
Fonte: Falaautismo

 _______________________________________________

 

Fonoaudiólogo chileno ministra palestra sobre autismo    

O fonoaudiólogo chileno Dr. Miguel Higuera Cancino proferirá nesta terça-feira, 20 de setembro, às 19h, a palestra “Os Mistérios do Autismo – mitos e verdades” na nova sede da Pós-graduação UNIASSELVI de Blumenau. O especialista, autor do livro Meu Filho não Fala, apresentará uma perspectiva geral acerca das causas, características e tratamento do autismo infantil para profissionais da educação, saúde e pais.
Os participantes serão atualizados nas áreas de semiologia do autismo, etiologia, tratamentos aprovados e também sobre as terapias que não têm validade científica. Na palestra, ainda, serão abordadas as características das crianças com autismo infantil, para que profissionais e pais estejam preparados para lidar com os transtornos invasivos do desenvolvimento.
Dr. Miguel Higuera Cancino é fonoaudiólogo, mestre em Educação Superior e especialista com 27 anos de experiência em Autismo, Asperger, Síndrome de Down, SDHA. Em seu livro Meu Filho não Fala, relata sua experiência profissional e experiência como pai de um filho autista. A palestra tem 4 horas/aula, certificação e valor de R$ 40,00. Para mais informações clique aqui ou entre em contato pelo e-mail icpg@icpg.com.br.
A nova sede da Pós-graduação UNIASSELVI situa-se na Rua Getúlio Vargas, 143 – Centro. A palestra será a primeira atividade desenvolvida no local, com o intuito de aproximar a Instituição à comunidade com temas que venham de encontro às suas necessidades.
Fonte: ICPG
 

 _______________________________________________

 

Palestra sobre Autismo
Mídia: Jornal de Santa Catarina
Edição: 12367
Data: 20 de setembro de 2011
Informações: Com 27 anos de experiência na área, o chileno Miguel Higuera Cancino palestra hoje sobre autismo, na Pós-graduação da UNIASSELVI. O fonoaudiólogo falará sobre o problema e as alternativas de tratamento com e sem comprovação científica. O público-alvo são educadores, profissionais de saúde e pais de crianças com autismo. Cancino é autor do livro Meu Filho Não Fala.
Fonte: ICPG

 

  _______________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Centro Clínico

Slide 0Slide 1Slide 2Slide 3Slide 4Slide 5Slide 6Slide 7Slide 8Slide 9Slide 10Slide 11Slide 12Slide 13Slide 14Slide 15Slide 16Slide 17Slide 18Slide 19Slide 20Slide 21Slide 22Slide 23Slide 24Slide 25

Indique esta Página para um amigo

Centro Dynamis: Rua Itajaí, 1310 - Vorstadt - Blumenau - SC - FONE/FAX (47) 3232 7278 - 99963 1084 (TIM) - 99707-3000 (TIM)
E-mail para Curso: flaviadynamis@gmail.com - Email para Atenção: dynamiscapacita@gmail.com

Centro Dynamis © 2012 - Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por Novalogo